Rituais

Para lá do horizonte
Data/Hora: 22 set 2017 21:41

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 4 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 05 out 2008 22:29 
Desligado
Dinamizadores
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2006 11:22
Mensagens: 315
Localização: Lisboa/Portugal
Boas,

A 12 de Outubro vai partir de Portimão a GLOBAL OCEAN RACE, regata à volta do mundo em solitário ou duplas.

A partida para esta regata de 30.000 milhas (55.560 km) poderá ser vista da Praia da Rocha e pode ser consultada neste endereço (a página em Inglês é muito melhor) http://www.portimaoglobaloceanrace.com/ ... hp?lang=pg

Leg 1 PORTIMÃO – CIDADE DO CABO - 6,900 MILHAS NÁUTICAS

Dada a largada, os barcos velejarão ao longo da Costa permitindo, a quem se encontrar na tão famosa Praia da Rocha, apreciar o espectáculo. Lentamente as embarcações viram para bombordo e as atenções centram-se na primeira “point gate”, a pequena ilha de Fernando de Noronha.

As primeiras duas semanas de regata serão de adaptação a esta grande aventura. Em Outubro os ventos serão fortes e a frota rumará firme a sul em direcção às densas e escuras nuvens, primeiro sinal de que se está a chegar ao turbulento “Pot au Noir”.

A zona de convergência intertropical, ou “Pot au Noir”, como é usualmente apelidada pelos marinheiros, é tacticamente difícil e um verdadeiro desafio psicológico. Nesta zona, os velejadores podem estar horas a fio sem vento e serem, a qualquer momento, surpreendidos por fortes rajadas acompanhadas por chuvas torrenciais. Serão 300 milhas difíceis que os velejadores terão de percorrer para finalmente conseguirem rumar a Fernando Noronha. A Ilha será a primeira point gate e servirá ainda de drop-off para os media. Aqueles que tentarem fazer a sua rota directa para a Cidade do Cabo, darão por si, encurralados num tempo perfeito… para estar na praia, não para velejar. Os outros beneficiarão do vento apropriado para os levar a bom porto, neste caso à Cidade do Cabo, na África do Sul.

Leg 2 CIDADE DO CABO - WELLINGTON - 7,500 MILHAS NÁUTICAS

A cidade do cabo, com a sua centenária tradição náutica tem, ao longo dos anos dado as boas-vindas a velejadores oriundos de todas as partes do mundo. A majestosa “Table Mountain” emerge das claras e frias águas e oferece aos velejadores uma merecida pausa de três semanas ao fim da qual se voltarão a fazer ao mar. Logo que seja passado o “Cape Point”, o Oceano Antártico, como alguns apelidam as águas que banham o respectivo continente, sera imediatamente sentido. O vento frio e húmido que sopra directamente do gelo antártico atravessa o oceano gelado e deixa antever os perigos que mais à frente se escondem. Fortes ventos de Oeste impelirão a frota para sul da Austrália, onde o perigo do gelo é iminente. Nessa altura todo o cuidado será pouco. A monitorização do radar, a atenção redobrada e, porque não, uma ou outra oração ao deuses. A comunicação entre os barcos será constante uma vez que os velejadores sabem que, no caso de algo correr mal, serão os seus companheiros. O Natal e a passagem de ano passar-se-ão antes de serem avistados os verdes montes que indicarão a chegada a mais um porto de escala: Wellington, na Nova Zelândia.


Leg 3 WELLINGTON - ILHABELA - 7,100 MILHAS NÁUTICAS

Wellington, a capital de uma nação impossível de dissociar da vela, proporcionará aos velejadores um Natal atrasado e permitirá o reagrupamento da frota antes da largada para a segunda metade da regata. A terceira etapa levará a frota, de novo, para o Oceano Antártico, desta feita rondando o famoso Cabo Horn, no extremo sul da América do Sul. Será mais uma perna turbulenta. Os mais afortunados poderão vislumbrar o famoso cabo que, durante séculos, intrigou e devastou velejadores. Depois ruma-se a norte em direcção a Ilhabela, um pequeno paraíso tropical da Costa Brasileira. Com o pior já ultrapassado os velejadores terão a oportunidade de explorar a natureza no Brasil, apreciando as bonitas florestas tropicais e desfrutando das praias.

Leg 4 ILHABELA - CHARLESTON - 5,000 MILHAS NÁUTICAS

Faltam ainda duas etapas da regata tacticamente exigentes e, à medida que a Primavera desperta no Hemisfério Norte, os velejadores rumam a norte, voltando a passar Fernando Noronha e atravessando o Mar do Caribe. Em Charleston, América do Norte, tudo estará preparado para os receber enquanto, em simultâneo, decorre o Festival Marítimo anual. Os velejadores da “Portimão Global Ocean Race” serão o enfoque das festividades e, se alguma cidade sabe receber velejadores, essa é certamente Charleston, com o seu lendário charme sulista.


Leg 5 CHARLESTON - PORTIMÃO - 3,500 MILHAS NÁUTICAS

A etapa final será um sprint de 3,500 milhas que atravessa o Atlântico Norte de volta a Portugal e, apesar da relativa facilidade da etapa, os perigos continuam a existir. Na zona dos Açores as tempestades podem apanhar a frota desprevenida. Quando os barcos passarem o Pico, a “point gate”vão ver a majestosa montanha, a mais alta de Portugal e começarão a sentir a aproximação da tão almejada chegada. Portimão já está perto e uma verdadeira odisseia de nove meses aproxima-se do fim. O que viram, ouviram e sentiram ao longo de quase um ano fará ainda mais sentido quando, ao cortarem a linha de chegada, voltarem a ver Portimão recebê-los de braços abertos.


Imagem

_________________
José Ventura
O caminho faz-se caminhando...
http://100azimutes.wordpress.com


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: 09 out 2008 15:38 
Desligado
Dinamizadores
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2006 11:22
Mensagens: 315
Localização: Lisboa/Portugal
O vídeo de apresentação

http://www.portimaoglobaloceanrace.com/ ... video_id=1

A partida está prevista para as 14H00 de domingo

_________________
José Ventura
O caminho faz-se caminhando...
http://100azimutes.wordpress.com


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: 12 out 2008 23:09 
Desligado
Dinamizadores
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2006 11:22
Mensagens: 315
Localização: Lisboa/Portugal
A partida para esta verdadeira aventura deu-se à hora prevista, sob uma leve brisa de sul e um céu nublado por onde passavam abundantes raios de sol que compensaram a fraca presença de pessoas em terra e de embarcações a incentivarem os participantes.

Quase nada se viu ou ouviu na imprensa sobre este evento em que a única "bola" por todos os participantes utilizada é este planeta azul que eles vão circum-navegar durante 9 meses.

É em momentos destes que o nosso provincianismo sobressai pela negativa.

É triste.

Bons ventos e mar de feição para todos os participantes.

Imagem

_________________
José Ventura
O caminho faz-se caminhando...
http://100azimutes.wordpress.com


Topo
 Perfil  
 
 Assunto da Mensagem:
MensagemEnviado: 22 jun 2009 16:11 
Desligado
Dinamizadores
Avatar do Utilizador

Registado: 10 ago 2006 11:22
Mensagens: 315
Localização: Lisboa/Portugal
Cerca de 8 meses após a partida, chegaram os primeiros aventureiros desta volta ao mundo em embarcações de 40 pés (cerca de 12 metros).

Se fosse em Espanha, França ou Inglaterra, a organização teria conseguido mobilizar a comunicação social e a população de Portimão para receber condignamente os velejadores "sobreviventes".

Infelizmente e apesar de se anunciar que o evento vai ter uma nova edição, nada disso aconteceu.

Tive a sorte de estar perto quando chegaram as duas primeiras equipas (2 tripulantes - Desafio Cabo de Hornos e Beluga Racer) e creio que já chegou a primeira a solo (Roaring Forty).

De qualquer modo, pelo gráfico das posições, a esta hora, também deve estar quase a chegar outro solitário, o Mowgli.

Nos posts supra existe informação sobre como acompanhar.

Inté

_________________
José Ventura
O caminho faz-se caminhando...
http://100azimutes.wordpress.com


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 4 mensagens ] 

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por phpBB Portugal