Rituais

Para lá do horizonte
Data/Hora: 19 dez 2018 09:46

Os Horários são TMG [ DST ]




Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 Mensagem ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: 08 abr 2007 22:15 
Desligado
Coordenadores
Avatar do Utilizador

Registado: 03 nov 2005 02:10
Mensagens: 2810
Localização: Lisboa e Caldas da Rainha/Portugal
Condução - Relação Condutor/Pendura

É fundamental que haja uma boa sintonia entre o condutor e o pendura. Verifico muitas vezes que por exemplo num casal, a mulher “delega” frequentemente no parceiro toda a responsabilidade da condução, navegação, comunicações e qualquer outra tarefa que se relacione com a viatura. Esta postura, além de não permitir uma verdadeira cumplicidade dentro do carro, implica ainda que o condutor não consiga aproveitar devidamente o ambiente que o rodeia, com a mesma descontracção do pendura. Parece-me injusto!

O pendura pode e deve ter um papel tão ou mais importante que o condutor. E se há tarefas que exigem um maior esforço físico, há também muitas outras para as quais só é necessário ter boa vontade.

Dependendo do nosso conhecimento da região que percorremos, assim pode ser mais ou menos importante sabermos exactamente onde estamos.

Navegação/Orientação: O pendura pode ir acompanhando a progressão no terreno através de mapas ou outro tipo de cartografia em papel, pode dedicar-se a dar indicações ao condutor no caso de navegação por ‘road-book’, ou ainda, encarregar-se da operação do GPS.

Comunicações: Manter o contacto com o resto do grupo é importante. No caso de uma expedição, é fundamental. O pendura pode ir operando o radio, evitando assim que o condutor se distraia.

Apoio no exterior: Em situações de condução mais complicada, como por exemplo em trialeiras, o pendura deverá sair do carro e dar indicações claras e precisas ao condutor. Antes, devem ambos analisar a dificuldade a vencer e combinar um percurso para as rodas. Depois, com linguagem gestual simples, o pendura orienta a progressão da viatura, lentamente e com segurança.
Um indicador apontado para a direita ou para a esquerda, informa do movimento a dar ao volante. Duas mãos viradas para o peito, fazendo movimentos de aproximação, indicam para avançar. Duas mãos viradas para a viatura, fazendo movimentos de afastamento, indicam progressão lenta e calma. Dois braços cruzados em “X” dão indicação de paragem imediata.

Por vezes, no entusiasmo da passagem de um obstáculo, todos querem ajudar. É a confusão geral, muito barulho e por vezes o condutor fica sem saber a quem deve dar atenção. Neste casos o condutor deve indicar claramente quem é a pessoa em quem está a depositar confiança. E por regra esta pessoa deveria ser o pendura regular, pois supostamente será com este que existe maior sintonia.

Registos: Por vezes as nossas viagens ou actividades proporcionam-nos grandes aventuras e ao chegar ao fim, concluímos que no grupo ninguém fez registos em fotografia ou vídeo. Esta também pode ser uma das atribuições do pendura.

Partilhar fotos, filmes ou relatos escritos, é também uma excelente maneira de cativar o entusiasmo de novos parceiros de aventuras.


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar Novo Tópico Responder a este Tópico  [ 1 Mensagem ] 

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar Tópicos: Proibido
Responder Tópicos: Proibido
Editar Mensagens: Proibido
Apagar Mensagens: Proibido
Enviar anexos: Proibido

Pesquisar por:
Ir para:  
cron
Desenvolvido por phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por phpBB Portugal