MUNDO - ÁFRICA AUSTRAL


Terras áridas e desérticas e grandes planícies no lado Meridional. Grandes florestas no Norte e Madagáscar. Montanhas do Grande Rift a Leste até ao Malawi. Rios Limpopo, Orange e Zambeze.

- Outras informações sobre a ÁFRICA

Escolha um destino...

Africa do Sul
No final do Séc.XVII começavam a chegar colonos Holandeses (bóeres) e Ingleses, à província do Cabo. Em 1910 os descendentes destes colonos decidiram unir os territórios que controlavam, nascendo assim a África do Sul. Independente da Grã-Bretanha em 1934. O maior depósito de ouro do Mundo foi descoberto em 1886 em Witwatersrand. Diamantes e outros minérios. Terras férteis e clima moderado. 3/4 da população é de raça negra e 14% são brancos. É o país mais desenvolvido de África. Os brancos tem um alto nível de vida e os negros são, regra geral, muito pobres. Em 1948 foi imposto o "apartheid", sistema que separa a raça negra da raça branca. Exemplos disso são os bairros negros como o "soweto" (bairro urbano muito pobre) e a "homeland" de Kwa Zulu (sobrepovoado). Durante anos o ANC (Congresso Nacional Africano), liderado por Nelson Mandela, lutou contra o domínio da minoria branca que terminou em 1994, altura em que pela primeira vez houve eleições em que os negros puderam votar. Depois da presidencia de Frederick de Klerk, Mandela (que esteve preso por mais de 27 anos), assumiu os destinos do país e implementou uma democracia multiétnica. País muito grande e variado. Pontos mais altos nas escarpas de Drakensberg (Leste) e Montanhas do Grande Karoo (Sul). Terreno fértil nas terras baixas do litoral. Terras secas e deserto (Oeste) no interior. Importantes e bem organizadas reservas de vida selvagem. Joanesburgo (5 milhões de pessoas) é muito industrializada. A Cidade do Cabo e outras grandes cidades estão junto à costa.
Angola
Rico em minerais. Grande potencial agrícola. Pode vir a prosperar quando houver de facto condições políticas e sociais. Primeiros contactos com os Portugueses no Séc.XV. Foi um dos principais fornecedores de escravos para as Américas. Sobretudo para o Brasil.
Botswana
Sudeste mais populada com criação de gado e alguma agricultura. Deserto no Sudoeste. Delta do Okavango a Norte (santuário de vida selvagem). Governo estável. Exportação de carne, diamantes e outros minerais. Antes chamava-se Protectorado Britânico da Bechuanalândia. Independente desde 1966.
Comores
Poucos recursos naturais. Ilhas vulcânicas. Agricultura de subsistencia. Produção de baunilha e cravinho. Instabilidade política. Independente desde 1975.
Lesoto
Milho. Criação de gado. Muitos imigrantes na África do Sul. Construção de barragem no Rio Orage, juntamente com a África do Sul, para energia hidroeléctrica. Turismo, esqui e casinos. Independente desde 1966.
Madagascar
Plantas e animais raros. População originaria do Sudeste Asiático. Domínio Francês de 1896 a 1960 e independente desde então. Costa Oriental húmida. Planaltos de pastagem no Centro (mais frios e bem irrigados). Seco no Ocidente. Agricultura de subsistencia. Arroz e mandioca, café, baunilha, cravinho e acuçar. Algum petróleo e cromite. Industria em Antananarivo. Enorme ciclone em 1994. Governo mais ou menos estável. Crescimento do turismo.
Malawi
Chamava-se Niassalândia. Independente da Grã-Bretanha desde 1964. Presidente Hastings Banda governou 50 anos. Tabaco. Agricultura tradicional. O lago Malawi é rico em peixe. Turismo no lago e terras altas. Poucos recursos naturais. Pouca industria. Alguma energia hidroeléctrica. Bastante afectado pela guerra civil em Moçambique. Estabilidade política desde 1992.
Mauricia
Fértil ilha vulcânica. Recifes de coral. Turismo. Exportações de açucar e vestuário. Independente desde 1968.
Mocambique
Domínio Português a partir do Séc.XVI. Independente desde 1975. Até 1977 quase todos os Europeus regressaram aos países de origem. Guerra de guerrilha da Resistência Nacional Moçambicana contra o Governo. 4,5 milhões de desalojados e o país ficou em destroços. Planícies quentes e húmidas, com muitos rios, no Sul. Mais relevo e clima ameno no Norte. Agricultura de subsistência nas terras baixas e no Litoral. Poucos recursos minerais. Grandes reservas de peixe. Pecuária nas terras altas. Depois da guerra civíl dá-se início à reconstrução e desminagem do país. Auxílio internacional.
Namibia
Desertico. Enormes reservas de diamantes, urânio, cobre e outros minerais. Abundantes bancos de peixe. Grandes diferenças económicas entre classes sociais. Independente da África do Sul desde 1990, após longa guerra de guerrilha.
Suazilandia
Protectorado Britânico até 1968. Recursos agrícolas e minerais. Boa industria. Forte exportação de açucar.
Zambia
Boa agricultura de subsistencia. Exportação de tabaco. Secas frequentes. Um dos maiores produtores de cobre do Mundo (80% das exportações). Independente desde 1964. Durante a colonização Britânica chamava-se Rodésia do Norte. Afectado pelas sanções económicas ao Zimbabwé, pelas guerras em Angola e Moçambique e pela queda do preço do cobre.
Zimbabwe
Chamava-se Rodésia do Sul. Domínio da Grã-Bretanha desde finais do Séc.XIX. Interesse no ouro e outros minerais. Produção de tabaco. Independente desde 1965. Guerra civil. Sanções internacionais. Actualmente é o segundo país mais desenvolvido da África Austral. Quase todo o território se eleva a mais de 300 metros. Temperatura moderada e chuva. Energia hidroeléctrica. Barragem de Kariba no rio Zambeze.

Colónias e Territórios Dependentes

Ilha de Bouvet
País Tutelar: Noruega

Reunião
País Tutelar: França

Santa Helena e Dependências
País Tutelar: Reino Unido

- Outras informações sobre Colónias e Territórios Dependentes